A 25ª Câmara Cível determinou no início da tarde desta quinta-feira o afastamento imediato de Regina Celi da presidência do Salgueiro e convocou para o dia 16 de dezembro a eleição presidencial da escola.

A decisão judicial determinou a imediata intervenção na diretoria executiva do Salgueiro, com o afastamento de Regina Celi, e a nomeação de um interventor provisório, que dará 24 horas para a regularização da chapa 1. De acordo com o desembargador Werson Rêgo, o vice-presidente Jô Casemiro será esse interventor responsável por conduzir os rumos da escola até a eleição presidencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui