Compositores: União Serrana

NA LUTA E NA DANÇA, LIÇÕES DO PASSADO
ESTÃO NA LEMBRANÇA, OS PRETOS MARCADOS
TEM A PROTEÇÃO DE SEUS ORIXÁS
É CORDÃO DE OURO, É CORPO FECHADO
REAGE NO OXÊ DE XANGÔ E VENCE A BATALHA
GOLPEIA QUE FILHO DE OGUM NÃO PODE APANHAR
CONFIA NO BRILHO DA LUA CHEIA
É MESTRE ALÍPIO LANÇANDO UM OLHAR… DE LÁ
RESPEITA O TOQUE DO BERIMBAU
E VINGA SEU POVO DESSA RASTEIRA
ENSINA “SINHÔ” E JAGUNÇO QUE A FORÇA DO MAL
NÃO VENCE NA RODA DE CAPOEIRA

Ê! CAMARÁ
CHAMA PRA JOGAR NA LADEIRA
LAROIÊ, SEU SENTINELA
TEM MANDINGA NA FAVELA

O BOM MANDINGUEIRO, VALENTE GUERREIRO
VOANDO NOS SALTOS SUMIA NA MATA
DE “MORTE MATADA”, ELE NÃO MORRIA
DANÇAVA NO AR, BALA NÃO TEMIA
MAS O DESTINO É ASSIM
RESOLVEU DAR UM FIM, O HERÓI FEZ SANGRAR
A TRAIÇÃO PELA FACA DE TUCUM
TRANSFORMOU EM LADAINHA E POESIA
“CALÇA, CULOTE, PALITO ALMOFADINHA”
VIROU SAMBA NA SERRINHA PRO IMPÉRIO ENCANTAR

HOJE O COURO VAI COMER
SARAVÁ POVO DA GIRA
O TERREIRO VAI TREMER VENDO O DIA CLAREAR
ABRE A RODA NA CLAREIRA PRO CAPOEIRA GINGAR
A LAPINHA MAIS FORMOSA
TEM BESOURO MANGANGÁ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui