InícioGrupo EspecialGabriel David: 'A partir do dia 6 de janeiro, começa todo processo...

Gabriel David: ‘A partir do dia 6 de janeiro, começa todo processo de divulgação e várias iniciativas do carnaval pela cidade’

Após fechar parceria com a Brahma, diretor de marketing da Liesa fala das projeções para o Carnaval 2024

Quando perguntado sobre um balanço geral dos dois dias de apresentações das escolas de samab do Grupo Especial, no início de dezembro, Gabriel David, diretor de marketing da Liesa, não escondeu a satisfação em ver a Cidade do Samba cheia e reforçou a importância desse tipo de atividade no calendário carioca.

Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação Rio Carnaval

“É realmente muito bacana de ver a evolução nesses três anos de mini desfiles. É claro que ainda podemos evoluir, há um leque de possibilidades, melhorias e oportunidades. Sábado acabou enchendo mais, porém em ambas as datas foi possível ver o sambista presente e se divertindo. Esse evento precisa entrar no calendário da cidade, as escolas de samba e a nossa cidade precisam disso. Nada mais coerente do que comemorar o dia do samba no lugar onde tudo acontece”.

O empresário também admitiu ser de interesse da Liga tornar o evento algo fixo, não só pelo sucesso e proporção que tem tomado ano após ano, mas também por reconhecer a importância da festa, principalmente se levar em consideração a carência do sambista por eventos nos quais ele mesmo seja o verdadeiro protagonista.

“Eu entendo hoje que tornar esse evento fixo é uma vontade de todo mundo, inclusive do Perlingeiro, então somando essas forças, o estado do Rio de Janeiro ganha, e o carnaval continua exercendo esse poderio social como um todo, engrandecendo cada vez mais o sambista, e marcando mais uma data importante no calendário da cidade com muito samba, na Cidade do Samba, que também é a casa das escolas de samba”.

Em entrevista ao CARNAVALESCO, Gabriel também comentou sobre o sucesso da parceria com a Brahma para a produção das latinhas personalizadas de cada escola, que por sinal, teve um feedback extremamente positivo do público. Quanto a parceria, o mesmo revelou que ainda teremos coisas novas por vir.

“Temos muitas novidades que ainda estão para sair, principalmente dessa própria parceria com a Brahma. A partir do dia 6 de janeiro, começa todo um processo de divulgação pela cidade e várias iniciativas importantes para o carnaval e para as escolas. E no dia 7, começam os ensaios técnicos do Grupo Especial, então agora essa reta final de fim de ano com as quadras lotadas, início de janeiro principalmente, estamos na boca do carnaval, em dois meses a magia acontece”.

Estando inteirado no mundo do samba desde pequeno por influência de seu pai, Anísio Abraão David, patrono da Beija-Flor de Nilópolis, Gabriel apesar de nilopolitano declarado, precisou fazer escolhas ao decorrer de sua vida. Atuando diretamente dentro da Liga, Gabriel hoje não consegue ter um cargo direto dentro da Beija-Flor, mas confessou que sua escolha foi em prol de todas as escolas, incluindo a sua.

“Desde que eu me entendo por gente, dentro da própria Beija-Flor, eu já tinha o entendimento de que temos que lutar por todas as escolas. As escolas estando fortes, bem capacitadas e com dinheiro, impulsionam o carnaval e ficam maiores principalmente quando se unem. Eu vim para a Liesa pensando em identificar problemas os quais as próprias escolas de samba não poderiam consertar, logo, cabendo a Liga resolver. Hoje eu não chego a ter nenhuma atuação direta na Beija-Flor mais. Claro, o meu coração nunca vai mudar, mas a Beija Flor tem uma equipe muito capacitada e que com certeza fará um grande carnaval. Confesso que meu coração fica triste de não conseguir mais conviver no barracão como antes, mas os afazeres na Liga acabam sendo muito intensos, então minha responsabilidade hoje é ser o Gabriel David da Liesa, em Nilópolis está somente o meu coração”, desabafou.

Quando perguntado sobre as projeções para o carnaval de 2024, o empresário relatou a importância das escolas terem tido esse ano uma verba maior para trabalharem, o que torna o espetáculo ainda mais superior no aspecto artístico e competitivo.

“Estamos mirando ter a maior movimentação financeira do carnaval mais uma vez. Provavalmente teremos mais uma receita recorde de vendas, de comercial, além de um baita relacionamento com o poder público, que querendo ou não, impulsiona, divulga e promove a nossa festa, não só dentro do Brasil como fora também. A projeção sempre vai ser superar o ano anterior, então estamos caminhando para isso”.

Quando se faz projeções, também se criam expectativas, e o diretor de marketing não escondeu acreditar fielmente em mais uma vez se superar e tornar o carnaval de 2024 o maior da história.

“Minhas expectativas são de um carnaval extremamente disputado, principalmente pelo nível artístico altíssimo que temos hoje. As escolas esse ano estão contando com um recurso maior do que o dos últimos anos, o que possibilita não só um grande espetáculo, mas também que os funcionários de barracão sejam pagos devidamente, e isso é muito importante para a vida do espetáculo como um todo. Com um bom planejamento, boas melhorias, novas receitas e com boa comunicação, nós tendemos a ter o maior carnaval de todos os tempos mais uma vez. Pode parecer repetitivo falar que todo ano será o maior carnaval, mas enquanto tivermos recursos, esse tem que ser o pensamento, superar a nós mesmos”, finalizou Gabriel.

- ads-

Unidos da Tijuca renova com mestre Casagrande

A Unidos da Tijuca anunciou a renovação com mestre Casagrande para o desfile do ano que vem. Ele segue no comando da bateria "Pura...

Nícolas Gonçalves acerta com Tucuruvi para fazer parceria com dupla de artistas da escola

Além da renovação de Dione Leite e Yago Duarte, o Tucuruvi anunciou a chegada do carnavalesco Nícolas Gonçalves que estará na parceria com a...

Tucuruvi anuncia renovação de carnavalescos para o desfile de 2025

O Tucuruvi anunciou nesta segunda-feira a renovação da dupla de carnavalescos, Dione Leite e Yago Duarte, para o desfile do ano que vem. Confira...