InícioSão PauloÉ hoje em São Paulo! Desfiles do Acesso II uma semana antes...

É hoje em São Paulo! Desfiles do Acesso II uma semana antes do carnaval agradam sambistas

Integrantes de cinco escolas do terceiro grupo da folia paulistana aprovam nova data de apresentações, iniciada em 2022

O “Carnaval da Vida”, como ficou conhecida a folia na cidade de São Paulo em 2022, entrou para a história por diversos motivos. Um deles foi a mudança da data do Acesso II, terceiro grupo das escolas de samba paulistanas. Antes realizada na segunda-feira do feriado, ela foi remanejada, pela primeira vez, para o sábado da semana anterior. Por isso, neste sábado, acontece no Anhembi a abertura do carnaval paulistano. A novidade agradou a imensa maioria dos componentes de escolas de samba que disputarão o Acesso II. O CARNAVALESCO entrevistou integrantes das agremiações que deram as respectivas opiniões.

Experiência aprovada

Como não poderia deixar de ser, quando a novidade foi anunciada, causou estranheza. Se hoje foi aprovada, os desfiles na semana anterior ao tradicional eram vistas com ressalvas, como explica Rodrigo Atração, intérprete da Imperador do Ipiranga. “Eu tive uma opinião muito contrária a isso quando tudo começou. Eu achava que na segunda-feira de carnaval não tinha atividade nenhuma de carnaval em São Paulo e o Acesso II poderia ser essa atividade. Só que, com esse ano tendo atraído um público e atenção maiores, acho que é
um caminho e uma atração a mais para o carnaval de São Paulo. Hoje, acho bem viável essa mudança, acabou favorecendo bastante essas escolas que, muitas vezes, não são vistas. Hoje, você tem escolas muito fortes. Eu também costumo dizer que os Grupos de Acesso de São Paulo estão virando mini desfiles de Especial”, destacou.

Quem também aprovou e foi contundente na aceitação foi André Vinícius, o Deko. Presidente da Torcida Jovem. “Da nossa parte, foi um novo molde construído devido à pandemia e nós gostamos. Não ficou tudo em um final de semana só, e essa semana de carnaval estendida por mais uma semaninha abrilhanta ainda mais o carnaval. São dois finais de semana para todo mundo vir ao Anhembi prestigiar o carnaval de São Paulo, acho que foi muito válido. Se depender da gente, a gente sempre desfila uma semana antes”.

Mais prestígio

Um argumento muito utilizado pelos sambistas para apoiar a mudança da data foi a visibilidade dada ao Acesso II após o novo dia de desfile. Seja para o público nas arquibancadas do Sambódromo do Anhembi ou para desfilantes, a semana antes do Especial e do Acesso I é um combustível para acompanhar as agremiações.

José Luis Castro, mestre-sala da Leandro de Itaquera, destacou a observação ao ser perguntado. “É muito importante o desfile ser antes do Acesso I e do Especial até pelo contingente de pessoas. Muitas pessoas desfilam nos grupos de cima e vêm desfilar no Acesso II, eles também nos ajudam. É muito importante isso”, comentou.

Outra sambista a comemorar a mudança da data foi Nathalia Bete, porta-bandeira da Unidos do Peruche. “Eu achei que foi uma experiência muito boa nesse ano e deu super certo. O Acesso II teve muita visibilidade! Todo mundo parou para assistir e isso engrandeceu muito o nosso carnaval. Às vezes, não era assim porque era no último dia do carnaval, todo mundo estava cansado e tinha outros compromissos. Por ser uma semana antes, foi muito vantajoso – mesmo com a correria de terminar tudo antes”, comemorou. É importante destacar que, tal qual em 2022, a entrada para os desfiles do Acesso II em
2023 será gratuita.

Mestre Bola, diretor de bateria da Dom Bosco, observou que a “migração” de componente entre as escolas também é comum entre os ritmistas. “Eu gosto bastante. Achei acertada a decisão, o pessoal chega com mais fôlego, já que quem desfila na sexta, no sábado e no domingo chega na segunda meio cansado. Vamos chegar com força total já tanto dos foliões quanto do público que está lá para assistir. Sei que os ritmistas também gostam justamente pelo fôlego extra que eles têm”, destacou.

Comunidades também aprovam

Quando perguntados se as comunidades estavam de acordo com as respectivas opiniões, os integrantes entrevistados pelo CARNAVALESCO mostraram alinhamento. No Ipiranga, componentes da Imperador respiram confiança com o cronograma da escola, de acordo com Rodrigo: “Essa também é a percepção da escola. Principalmente para nós, da Imperador do Ipiranga, sendo bem sincero, no ano passado já estávamos preparados para o desfile com uma semana de antecedência. Nesse ano, a mesma coisa”.

O planejamento também foi tema de outros dois integrantes de escolas de samba. José Luis revelou que a preparação começa já no mês de janeiro para a Leandro de Itaquera e para quem está no Acesso II. “Para a escola também é muito importante. A gente se planeja com até duas semanas de antecedência para o desfile”. Por fim, Deko destacou a força dos componentes da Torcida Jovem. “A comunidade também gostou. Temos uma boa relação com a comunidade, eles estão muito integrados no trabalho e estão muito satisfeitos desfilando uma semana antes”, finalizou.

- ads-

Compositores do Tucuruvi festejam Estrela do Carnaval de ‘Melhor Samba do Especial de SP em 2024’

Muitos pensam que o encerramento dos desfiles de escolas de samba de São Paulo em 2024 não teria arquibancadas cheias nem emoção já na...

Flávio Campello celebra prêmio Estrela do Carnaval de 2024 da Tom Maior: ‘Nossa escola tem uma alma guerreira’

No carnaval de 2024 a Tom Maior realizou no Sambódromo do Anhembi um desfile que se destacou pela exuberância plástica. A criatividade no uso...

Rock in Rio e Diogo Nogueira levam projeto do Clube do Samba para o Global Village

Novidade na Cidade do Rock, o Global Village vai emocionar todo o público presente nesta edição que celebra os 40 anos de história do...