InícioGrupo EspecialDireção do Salgueiro revela que filha da ex-presidente Regina Celi ganhou ação...

Direção do Salgueiro revela que filha da ex-presidente Regina Celi ganhou ação que ultrapassa os R$ 100 mil contra a escola

Decisão judicial implica no bloqueio das contas da agremiação até que esta dívida seja sanada

Em publicação nas suas redes sociais, na tarde deste sábado, a direção do Salgueiro informou que foi notificada de uma ação ganha na Justiça por Renata Duran, filha da ex-presidente do Salgueiro, Regina Celi, no valor que ultrapassa os R$ 100 mil. Segundo a vermelho e branco, Renata Duran, associada benemérita do Salgueiro, contratada na gestão da mãe, exercia atividade remunerada como coordenadora da Vila Olímpica. “De acordo com o estatuto da agremiação, não é permitido”, informa a agremiação. O site CARNAVALESCO procurou Renata, mas não obteve resposta, havendo um posicionamento, iremos atualizar esta matéria.

Confira abaixo na íntegra a nota do Salgueiro:

“Enquanto a atual administração encabeçada pelo presidente André Vaz tenta organizar as finanças da agremiação desde o dia de sua posse, mais uma notícia alarmante chega para reafirmar a má fé da gestão de quase uma década de Regina Celi Fernandes. Contratada como administradora da Vila Olímpica da escola, Renata Celi, benemérita do GRES Acadêmicos do Salgueiro, se fez valer da justiça trabalhista para reivindicar direitos os quais, segundo o estatuto da agremiação, não são legais. Infringindo o artigo 24 do Estatuto, que diz ser vedada a remuneração de beneméritos em cargos eletivos dos poderes do Salgueiro, deixando clara a intenção de prejudicar a escola.

A decisão judicial implica no bloqueio das contas da agremiação até que esta dívida seja sanada, em um momento em que a agremiação tenta reverter o quadro de crise financeira causado pelas pedaladas administrativas da gestão anterior, período de contratação de Renata, e em consequência da pandemia.

Como sempre pregamos a transparência e podemos provar através de documentos as irregularidades cometidas por aquela gestão. Perguntamos: o estatuto que rege a escola deve ser “rasgado” para favorecer os interesses particulares de quem diz amar o Salgueiro?
Aos salgueirenses de fato, aqueles que acompanham o trabalho que vem sendo realizado, reafirmamos o nosso compromisso com a verdade e o nosso empenho em cumprir com a regras e trazer à escola e a seus componentes uma administração que pensa no Salgueiro. Não operamos com falácias”.

- ads-

Conheça o enredo da União da Ilha para o Carnaval 2025

A União da Ilha anunciou o enredo para o Carnaval 2025. O carnavalesco Marcus Ferreira será o responsável pelo desfile. Veja abaixo a publicação...

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...