InícioSão PauloDiego e Jussara celebram o ‘tetra-40’ após mais um ano brilhante pela...

Diego e Jussara celebram o ‘tetra-40’ após mais um ano brilhante pela Acadêmicos do Tatuapé

Primeiro casal da Academia da Zona Leste conquistou todas as notas máximas pelo quarto ano consecutivo

Em 2023, a Acadêmicos do Tatuapé lavou a alma. O quarto lugar, empatado com as duas colocações acima, provaram que os problemas do ano anterior são águas passadas. O décimo desfile da Academia da Zona Leste desde sua volta ao Grupo Especial é mais um a comprovar o quão brilhante é o time formado pela escola em todos os segmentos desde então.

Foto: Felipe Araujo/Divulgação Liga-SP

Um dos quesitos mais fortes da Tatuapé fica aos cuidados de uma dupla. Diego Silva e Jussara Souza, primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, estabeleceram pela escola uma marca rara e imponente. Nos últimos nove carnavais, o único ano em que a dupla não garantiu a pontuação máxima salvo os descartes foi em 2017, ano que a Azul e Branco conquistou seu primeiro título.

Quatro vezes seguidas casal 40

O histórico de Diego e Jussara se torna ainda mais impressionante levando em conta que nos últimos quatro anos o casal cravou 40 pontos, ou seja, receberam a nota máxima de todos os jurados. A equipe do site CARNAVALESCO conversou com a dupla após a apresentação da Tatuapé no desfile das campeãs, e questionou se eles podem ser considerados o melhor casal da atualidade. Na visão do mestre-sala, não é algo que importa para o casal, e exaltou os colegas de trabalho das outras agremiações.

“Não nos consideramos os melhores. Apenas trabalhamos muito para que possamos apresentar um belo trabalho no dia do desfile e consequentemente tirar as quatro notas 10. Todos os casais possuem seus méritos, são dignos de carregar os pavilhões de carregam e todos trabalham igual. Cabeça de jurado nunca iremos entender, mas considerados os melhores não. É apenas um trabalho que fazemos bem árduo para poder apresentar uma bela dança no dia do desfile”, declarou Diego.

Jussara destacou a importância de manter o foco ano após ano. “Nós nos cobramos muito. Tiramos a nota agora, em 2023. Quando vier em 2024 trabalharemos de novo, se possível em dobro, para conquistarmos de novo as notas para escola. Mas agora é férias e o sentimento de dever cumprido”, disse.

Um ano em que tudo deu certo

O carnaval de 2023 foi marcado pelas fortes chuvas que caíram ao longo das duas noites de desfiles do Grupo Especial, algo que não acontecia há muitos anos. Em 2014 caiu até granizo na sexta-feira, mas as apresentações de sábado ao menos não ocorreram debaixo d’água. A Tatuapé, porém, foi uma das poucas escolas que conseguiu desfilar sem se molhar em nenhum momento, o que permitiu a Diego e Jussara realizarem sua dança no mais alto nível. A Porta-Bandeira agradeceu a Deus pelas condições favoráveis, e demonstrou empatia pelas colegas que sofreram com o clima.

“Eu falei isso no dia do desfile e depois. Fomos muito abençoados, porque no nosso desfile não teve chuva e nem vento. Deu para realizar o nosso trabalho da forma como viemos planejando, mas algumas colegas minhas de trabalho sofreram bastante, até mesmo com algumas consequências em notas. Ficamos solidários porque só nós sabemos o que passamos aqui no Anhembi. Temos que estar sempre nos encontrando, um entrando e outro saindo, todo mundo se dedica para fazer um bom trabalho aqui. Graças a Deus até agora, dessas adversidades nunca precisamos enfrentar”, declarou Jussara.

Reconhecimento da família Tatuapé

Uma década de serviços prestados à Tatuapé com tamanha excelência fazem de Diego e Jussara unanimidades dentro da agremiação. O mestre-sala relembrou a chegada do casal na escola ao falar do carinho recebido dos componentes da Azul e Branco.

“O carinho que a comunidade tem com a gente é surreal. Desde quando chegamos, a recepção que nós tivemos, de tudo que passamos em nossa carreira de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, foi algo que somos gratos até hoje. Aí está um dos motivos de nós trabalharmos muito para poder representar muito bem o pavilhão dessa escola”, exaltou Diego.

Jussara citou um momento marcante para a dupla ocorrido durante a apuração, e ressaltou que na Tatuapé se sente como se fosse uma família. “É maravilhoso. No dia da apuração recebemos um vídeo da hora que estava passando as nossas notas da escola inteira vibrando e gritando o nosso nome. É um trabalho em conjunto. Quando entramos na quadra, é todo mundo unido, como uma verdadeira família. Existe essa troca de carinho e de respeito, principalmente com a nossa Velha Guarda e a Ala das Baianas. Nós respeitamos e prezamos muito por isso, e é muito bom. Nós conseguimos criar esse elo dentro da Tatuapé”, destacou a porta-bandeira.

Mensagem do casal 40 para a comunidade da Tatuapé

Jussara: “Quero agradecer a toda a nossa diretoria, nossos cinco presidentes, pela confiança no nosso trabalho. Por acreditarem que o Diego e a Jussara podem sim defender o pavilhão da Acadêmicos do Tatuapé e trazer a nota e realizar um bom trabalho. Dar todo o alicerce para nós conquistarmos esse objetivo aqui. Agradecer a nossa comunidade, que sempre segura as nossas mãos e nunca soltou, por todo carinho e respeito. 2024 está aí, trabalharemos e voltaremos para fazer um novo carnaval e com certeza coroar a nossa escola”.

Diego: “Temos a agradecer muito a toda diretoria e a toda comunidade da Tatuapé por nos dar a condição de poder representar brilhantemente o pavilhão da escola. Agradecemos muito todo carinho e acolhimento. Vamos para mais um ano, que 2024 vem aí”.

- ads-

Darlin Ferratty é a nova rainha de bateria da Inocentes de Belford Roxo

A Inocentes de Belford Roxo anunciou nesta quinta que Darlin Ferratty é a nova rainha de bateria para o Carnaval 2025. Veja abaixo a...

Com lema de ‘ser feliz’, casal da Dragões comemora prêmio de ‘Melhor Casal de SP em 2024’

O casal Rubens de Castro e Janny Moreno é sinônimo de simpatia na avenida, assim como são nas entrevistas com a imprensa. Com um...

Paraíso do Tuiuti realiza feijoada no dia de São Jorge

O feriado pelo dia de São Jorge será de celebração na quadra do Paraíso do Tuiuti. Na próxima terça-feira, 23, a partir das 14h,...