InícioGrupo EspecialComunidade da Vila Isabel exalta trabalho de Paulo Barros

Comunidade da Vila Isabel exalta trabalho de Paulo Barros

Em entrevista ao CARNAVALESCO, o artista avaliou o trabalho de maneira positiva

O carnavalesco Paulos Barros apresentou, nesta segunda-feira (12), no segundo dia de desfiles do Grupo Especial do Rio, mais um Carnaval com a Unidos de Vila Isabel. O artista refez seu enredo de 1993, denominado “Gbala – Viagem ao Templo da Criação”, realçando o importante papel das crianças para criar um futuro melhor.

“O Paulo capricha muito nos desfiles que ele produz para a Vila”, avaliou Rosane Guimarães, ela desfila na agremiação há 16 anos e defende o artista: “O trabalho está lindo. precisamos focar nas crianças, é preciso educar, é preciso dar conhecimento para que a gente tenha um país sem preconceito, sem racismo, sem sexismo, longe de todas essas mazelas que a gente vem sofrendo ao longo dessas últimas gerações”

A narrativa retoma uma antiga lenda, interpretada pelas lentes das religiões de matriz africana, onde Olorum, a entidade máxima, confia a Oxalá a tarefa de moldar os seres humanos nas origens do mundo. Essa nova criação demandava cuidadores para suas belezas naturais, tais como a flora, a fauna e os oceanos.

“Eu estou muito feliz com o trabalho. Acho que a gente vai alcançar um bom resultado, com um enredo muito claro, muito didático e eu estou muito feliz com isso”, avaliou o carnavalesco da escola.

A comunidade também se sente satisfeita com o trabalho do artista. Segundo os componentes, Paulo Barros cuida muito dos “detalhes” e é “perfeccionista”.

“Quando você vê os carros acesos, aí você entende porque o Paulo Barros é o Paulo Barros. É por causa da importância dele, e como ele trabalha com os detalhes”, avaliou Guilherme Salgueiro, de 40 anos. Ele desfila na agremiação há 24 anos.

Com o decorrer do tempo, a humanidade deixou de cumprir seu dever de proteger essas dádivas. Frente a esse descuido, os orixás convocaram crianças de várias partes do planeta para se dirigirem ao templo da criação.

O carnavalesco também recebe elogios dos novos na escola. Daniela Costa é de São Gonçalo e ficou apaixonada com o enredo e o trabalho do artista na azul e branco. “Eu estou encantada pelo enredo. O que eu estou vendo aqui está perfeito. O Paulo está mostrando que as crianças, realmente, têm potencial de mudar o mundo”, avaliou.

Durante o desfile, a agremiação exibiu a esperança depositada por Oxalá nas crianças, buscando sensibilizar o público da Sapucaí com a conservação do meio ambiente e a necessidade de lutarmos pela casa que todos dividimos.

- ads-

Grande Rio deseja vir segunda ou terça de carnaval para buscar segundo título

Após um desfile de muitas inovações, principalmente, em relação ao uso da luz do Sambódromo, a Grande Rio se prepara para 2025, com grandes...

Expectativa da Mangueira para o Carnaval 2025 é recuperar lugar de destaque e encerrar os desfiles na terça-feira

Após terminar o Carnaval 2024 em sétimo lugar e ficar de fora do sábado das campeãs, a expectativa é que em 2025 a Mangueira...

Mocidade apresenta novidades na boutique: camisetas dos orixás e boneco temático do Castorzinho

Após o sucesso do lançamento da camiseta em homenagem ao São Jorge, a Estrela Guia de Padre Miguel apresentou novidades para seus torcedores e...