Com 30 obras inscritas em agosto deste ano para a competição de sambas, a Estação Primeira de Mangueira chega à final deste sábado com três parcerias concorrendo ao título de hino oficial da Verde e Rosa para o carnaval do próximo ano. São elas: Gilson Bernini, Lequinho e Ailton Graça. Em 2023, a Mangueira vai apresentar o enredo “As Áfricas que a Bahia canta”, que está sendo produzido pelos carnavalescos Gui Estevão e Annik Salmon. O enredo pretende apresentar toda a musicalidade baiana através dos cortejos afros, enfatizando o lado feminino. * OUÇA AQUI OS SAMBAS FINALISTAS

Foto: Divulgação/Mangueira

A Mangueira é a segunda escola com mais títulos no carnaval carioca e em 2022 ficou em 7º lugar. O esquenta da grande final realizado pelo site CARNAVALESCO começa às 21h e a partir da meia noite cobertura total pelas redes sociais. Em 2023, a Verde e Rosa vai encerrar a primeira noite de desfiles do Grupo Especial.

Conduzindo a final do concurso de sambas estará o diretor de carnaval Amauri Wanzeler, que estreia na função este ano. Amauri espera um samba que traduza a garra do mangueirense e que ajude a escola a fazer um grande desfile em 2023.

* LEIA AQUI: Presidenta Guanayra sobre carnavalescos Gui Estevão e Annik na Mangueira: ‘escolha ousada e segura’

“O que não pode faltar no samba da Mangueira é a garra do mangueirense, a garra da sua comunidade e a gente vai ter uma final de samba muito bonita, com muita festa, muita alegria, após a pandemia a gente vai voltar a ter alegria nesta quadra, o calor humano de sua comunidade, uma expectativa muito grande com relação ao desfile da Mangueira 2023, esse enredo é maravilhoso e nossos carnavalescos estão desenvolvendo”, explica o diretor de carnaval.

* LEIA AQUI: Diretoria e segmentos da Mangueira avaliam o que não pode faltar no samba que vai embalar o desfile da Verde e Rosa em 2023

Os portões do Palácio do Samba vão estar abertos para a grande final a partir das 22h deste sábado. Vivendo a expectativa de sua primeira final como presidenta da Estação Primeira de Mangueira, Guanayra Firmino, aposta que a obra escolhida vai transbordar um jeito mangueirense de fazer samba e de fazer carnaval.

“O que não pode faltar é um samba com a cara da Mangueira. E o que o mangueirense pode esperar é muita garra, muita emoção, muita surpresa também”, promete a mandatária.

Parceria de Lequinho é a favorita dos leitores

A parceria de Lequinho, Júnior Fionda, Gabriel Machado, Guilherme Sá e Paulinho Bandolim recebeu 77,6% dos votos e foi eleita pelos leitores a favorita para vencer a disputa. Thiago Meiners, Ailton Graça, Beto Savanna, Indio de Deus e Wilson Mineiro ganharam 17,5% e a parceria de Gilson Bernini, Lacyr D Mangueira, Cadu e Edinho ficou com 4,9%.

SERVIÇO
Final de samba-enredo da Mangueira
Local: Palácio do Samba – Quadra da Mangueira
Endereço: Rua Visconde de Niterói, 1072 – Mangueira
Data: 08/10 – Horário: 22h
Ingresso antecipado: R$ 70,00
Mesa (na hora do evento): R$ 60,00
Ingresso.mangueira.com.br
Ingresso no dia: R$ 80,00

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui