A Liga Independente das Escolas de Samba recebeu na noite desta segunda-feira, a visita das equipes de produção e direção do Seleção do Samba, da TV Globo. Pelo segundo ano consecutivo as agremiações do Rio Carnaval terão suas escolhas de samba transmitidas. Haverá mudanças em relação ao ano passado. A principal delas é o local das gravações. Elas acontecerão nas quadras e serão documentadas de forma fiel ao que ocorre tradicionalmente em cada agremiação.

Foto: Reprodução/Redes sociais

“Tenho certeza que será ainda mais positivo para as agremiações. Com o avanço da vacina e a diminuição drástica dos casos de Covid-19, poderemos fazer nas quadras, o local em que as escolas realizam suas finais tradicionalmente. Todas as comunidades vão poder fazer suas festas do jeito que estão acostumadas”, afirmou Gabriel David, diretor de marketing da Liesa.

As escolas terão total liberdade de decoração em suas quadras. Está vedada, porém, a exposição de marcas no palcos dos cantores e da bateria, bem como nas vestimentas dos componentes.

Além de mostrar as obras finalistas e o campeão de cada escola, a produção contará também um pouco da história das agremiações através de personagens marcantes. Os programas irão ao ar em novembro, sempre após o Altas Horas.

Confira o calendário das finais:

07 de outubro: Paraíso do Tuiuti
08 de outubro: Estação Primeira de Mangueira
09 de outubro: Vila Isabel
11 de outubro: Salgueiro
14 de outubro: Portela
15 de outubro: Império Serrano
16 de outubro: Viradouro
17 de outubro: Imperatriz Leopoldinense
20 de outubro: Beija-Flor de Nilópolis
21 de outubro: Grande Rio
22 de outubro: Unidos da Tijuca
23 de outubro: Mocidade Independente de Padre Miguel

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui