Leonardo Bessa milita no carnaval desde criança. Integrante da primeira geração da escola mirim do Salgueiro, já foi cavaquinista, apoio e intérprete oficial em diversas escolas. Um de seus maiores orgulhos, entretanto, é a sua carreira como produtor musical. Bessa completa em 2020, 22 anos de trajetória na função mais importante dentro do processo de criação do álbum da Série A.

Entre idas e vindas, o atual intérprete da Renascer de Jacarepaguá e do Acadêmicos do Tucuruvi vai ser o responsável pelo projeto de produção do álbum da Série A pela 17ª vez. Desde 1998, Bessa só não produziu entre 1999 e 2002 e em 2009 e 2016. Maduro, o músico revela ao site CARNAVALESCO as novidades do projeto para o ano que vem e agradece a confiança da Lierj no seu trabalho.

“A grande novidade será no formato do projeto. Será feito uma espécie de pocket show com as escolas apresentando seus sambas no estúdio de vídeo da Som Livre. Teremos a participação dos segmentos das escolas. Eu sou um profissional da área musical e faço esse projeto há muitos anos e acredito muito que a sequência de um trabalho por tanto tempo nos faz amadurecer cada vez mais. Fico feliz por esse reconhecimento da atual diretoria que mesmo dentro do atual cenário que envolve o carnaval, sequer cogitaram mudar a direção desse trabalho que eu faço com tanto empenho e carinho ao longo de mais de 15 anos”, afirma o produtor.

O diretor de carnaval da Lierj, Cícero Costa, também falou ao CARNAVALESCO sobre o projeto. Novamente a Companhia dos Técnicos em Copacabana foi a escolhida para a primeira fase do projeto, com gravação das bases de bateria e coro profissional, além das vozes dos intérpretes. Cícero conta como será a etapa de gravações dos videosclipes pela Somlivre.

“Demos o primeiro passo para a gravação, as escolas vão gravar bases e coro profissional na Companhia dos Técnicos até o dia 16 de setembro. A partir desse momento a Somlivre cederá o seu estúdio para a produção de videoclipes com os segmentos das escolas, equipamentos de primeira da gravadora. Os sambas serão lançados com exclusividade no canal da gravadora no Youtube”, destaca Cícero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui