O presidente Flávio França concedeu uma entrevista ao CARNAVALESCO no último sábado, durante a feijoada da escola, onde ocorreu a premiação do Estrela do Carnaval da Série Prata. Flávio contou sobre como está a gestão no Império, as possibilidades sobre o enredo da escola, e como a disputa de samba-enredo será desenhada a partir daí. Ele iniciou fazendo um balanço de 2024, citando a gestão da escola no último ano e o planejamento que foi feito para a realização do último carnaval.

Foto: Matheus Morais/CARNAVALESCO

“A gente fez um carnaval bastante planejado. Ainda entendendo as dificuldades que era o cenário do Império Serrano e ainda também respeitando o luto do descenso do Grupo Especial. Mas, a gente entendia também que o Império Serrano estava em ascensão, desde 2020, da gestão do nosso grande benemérito, meu amigo e irmão Sandro Avelar. O Império Serrano vem se desenvolvendo bem, em uma gestão mais coercitiva, mais coerente, enxuta, pensando que as dívidas eram muito altas. Nós fizemos pautada no planejamento, pautado no desenvolvimento de umas fantasias robustas. Em um carnaval que fosse mais compacto para poder conseguir, atingir o êxito e o objetivo de gabaritar as notas em cada quesito. O Império Serrano vem desenvolvendo muito bem uma gestão nova, moderna, respeitando a ancestralidade, sem despir da ancestralidade, mas pensando na renovação, na inovação do que é o cenário do carnaval no Rio de Janeiro hoje. Existe planejamento, existe um bom desenvolvimento e com certeza é um impacto de chegar em uma grande boa conclusão. Nós batemos na trave, fomos vice-campeões e a gente pretende pegar os pequenos erros que aconteceram no carnaval de 2024 para poder corrigir e acertar no carnaval de 2025 e conseguir o êxito, que é o acesso do Grupo Especial. A gente entende que o Império Serrano é de fato uma das maiores escolas, das grandes escolas do Rio de Janeiro hoje, mas o que faltava era gestão e de 2020 para cá a gente está nessa crescente”.

O presidente contou sobre a organização da escola, e como está se dando a escolha do enredo que o Império vai levar para a Sapucaí em 2025, com a expectativa de um enredo patrocinado ou um enredo autoral, que segundo ele já está pronto.

“O Império Serrano já está mais organizado. A gente hoje consegue, por exemplo, competir, disputar e pleitear uma Lei Rouanet, uma lei de incentivo para poder desenvolver um carnaval mais coerente, ajudando a comunidade com engajamento bacana para a comunidade. Então, o Império Serrano está pautado de fato no planejamento. A gente tem uma grande expectativa de um enredo patrocinado, mas ainda não está definido. Nós temos um enredo autoral pronto, vou dar esse spoiler. Estou aguardando o melhor cenário. Pensando na questão financeira, já que o Império Serrano esteve muito fragilizado durante esses anos e a gente precisa dessa ajuda financeira para conseguir galgar outros caminhos”.

Ao falar que em breve anunciará o enredo, Flávio contou sobre as possibilidades que o Império possui no momento, e que, somente após a decisão vai ser desenhada a questão da disputa de samba da agremiação.

“Nós não estamos pautando nessa organização ainda, porque a gente tem uma expectativa de um enredo patrocinado. Desse enredo patrocinado a gente vai precisar destrinchar melhor, criar o conteúdo mais assertivo, um bom conteúdo. A gente ainda está um pouquinho na previsão muito do que foi o ano passado, lá para setembro, outubro a gente começa a desenvolver, de repente, a disputa de samba, algo nesse sentido”.