InícioGrupo EspecialCláudio Vieira: 'Mais de dez horas no bonde'

Cláudio Vieira: ‘Mais de dez horas no bonde’

Apesar de pouco falado (e lembrado), José Leite foi uma das figuras mais importantes da história da Vila Isabel.

Trabalhou na Escola desde a sua fundação e era uma espécie de braço direito de Antônio Fernandes da Silveira, o Seu China, o primeiro presidente (que aparece no retrato mostrado por seu filho, o compositor Djalma Sapo).

Leite sempre foi de jogar para o time, carregando o piano. Uma de suas missões era fazer visitas ao ateliê do pintor e escultor Miguel Moura, um dos primeiros carnavalescos da cidade. Nesses encontros, no Centro, surgiam papos e ideias, e deles nasciam os enredos da Vila – cujas alegorias e fantasias eram criadas pelo próprio Miguel.

Como sempre fazia, Leite embrulhava as pranchas com todo o carinho e tomava o bonde de volta para Vila Isabel.

Certa vez, já no bonde, Leite teve que enfrentar um impiedoso temporal. Ficou mais de dez horas ilhado em diversos alagamentos entre a Presidente Vargas e a Praça Barão de Drumond. Tomou todos os cuidados possíveis para que a chuva não respingasse nas telas pintadas a guache.

Era quase meia-noite quando Leite conseguiu descer do bonde com o material são e salvo. A chuva já havia passado, mas as ruas estavam cobertas pelo lamaçal. Atravessou a praça, escalou as escorregadias escadarias do Morro dos Macacos até chegar à residência do presidente, que aguardava a entrega do material desde o final da tarde.

Lá chegando, Leite encontrou Seu China só de calção e tamancos, tomando uma cerveja champanhada e ouvindo o noticiário no rádio. Abriu os braços, feliz por ter conseguido cumprir sua missão com lealdade e bravura:

– Meu presidente!

Seu China fez aquela cara de poucos amigos, de cacique empombado, e soltou os bichos:

– Vocês não querem p. nenhuma!

- ads-

Salgueiro oferece curso gratuito sobre Imposto de Renda para Pessoa Física

O Projeto Salgueiro Social, do GRES Acadêmicos do Salgueiro, em parceria com o Centro Universário Internacional Signorelli, dá início neste mês de abril a...

Leia a sinopse do enredo da Portela sobre Milton Nascimento para o Carnaval 2025

Cantar será buscar o caminho que vai dar no Sol Uma homenagem a Milton Nascimento “Só quem toma um sonho Como sua forma de viver Pode desvendar o...

Três novos enredistas se juntam à equipe da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2025

A Beija-Flor de Nilópolis anuncia a chegada de três novos talentos que formam a equipe de enredistas para o Carnaval de 2025. Bianca Behrenda,...