InícioGrupo EspecialCláudio Vieira: 'Empadinhas para os adversários'

Cláudio Vieira: ‘Empadinhas para os adversários’

Passava pela calçada da Rua do Riachuelo e encontrei o antigo depósito de artigos de carnaval fechado. As portas foram cerradas desde a morte de Gibi, em agosto de 2008. De vez em quando, antes de ir para o jornal – a 150 metros do depósito -, parava para ouvir as histórias do ex-compositor da Mocidade e da Imperatriz. Walter Pereira, o Gibi, foi um dos autores de “Ziriguidum 2001” entre outros sambas-enredos que deixaram saudades. A minha história favorita era a das empadinhas e não me cansava de ouvi-la.

Gibi estava concorrendo à disputa de sambas em Padre Miguel. Na noite da finalíssima, para surpresa dos próprios parceiros, Gibi mandara distribuir centenas de empadinhas de queijo e camarão na quadra, quentinhas, saidinhas do forno. O cheirinho gostoso tomou conta do ambiente e logo a torcida do samba rival fez a farra – o que deixou os parceiros de Gibi irritados.

– Qualé, Gibi, tratando o “inimigo” com empadinhas?! Gibi fez uma cara debochada, piscou o olho e respondeu: – Quero ver eles cantarem o samba com a boca cheia de empada. Vão ficar entalados…

- ads-

Flávio Campello celebra prêmio Estrela do Carnaval de 2024 da Tom Maior: ‘Nossa escola tem uma alma guerreira’

No carnaval de 2024 a Tom Maior realizou no Sambódromo do Anhembi um desfile que se destacou pela exuberância plástica. A criatividade no uso...

Rock in Rio e Diogo Nogueira levam projeto do Clube do Samba para o Global Village

Novidade na Cidade do Rock, o Global Village vai emocionar todo o público presente nesta edição que celebra os 40 anos de história do...

Wallace Palhares explica andamento das conversas para construção da Cidade do Samba 2

Presente na festa de premiação do Estrela do Carnaval 2024, no domingo, no Imperator, no Méier, o presidente da Liga-RJ, Wallace Palhares, discursou na...