InícioGrupo EspecialCláudio Vieira: 'Chão de estrelas'

Cláudio Vieira: ‘Chão de estrelas’

Uns dizem que o tumulto aconteceu por desentendimentos na prestação de contas de barraquinhas de uma festa junina; outros que foi por questões internas ligadas à disputa do samba-enredo. A verdade é o pau comeu na casa de Noca, virando conflito generalizado na Ala de Compositores da Portela.

O barulho e a gritaria foram bater lá na secretaria, chegando aos ouvidos do presidente Natal, que estava conversando com o compositor Walter Rosa.

Alarmado com a gritaria, Walter saiu correndo na frente para tomar pé da situação. Minutos depois, quando o presidente chegou ao local, encontrou um quadro desolador.

Compositores trocando safanões, outros engalfinhados, mesas e cadeiras derrubadas. Na porta da sala, Walter Rosa, estupefato. E indignado. E, diante do espanto do velho Natal, abriu os braços, como se estivesse declamando no palco:

– Não acredito! Nem posso acreditar… Esta não é a nossa querida Portela, senhor presidente.

- ads-

Opinião: Chegou a vez dele! Gabriel David mexeu no jogo do carnaval, plantou novidades e colheu frutos para o futuro

A semana do feriadão de São Jorge marca também uma nova era na Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), através da eleição presidencial,...

Mangueira lança enredo para o Carnaval 2025 na quinta-feira e começa campanha de divulgação

A Estação Primeira de Mangueira está nas vésperas de revelar seu enredo para o Carnaval 2025. Para isso, ao longo desta semana está divulgando...

Mauro Quintaes estreia ‘Quintas Com Quintaes’ na TV Alerj

Fazendo parte das comemorações de seus 20 anos de fundação, a TV Alerj através de seu diretor geral, Luciano Silva, traz para a sua...