InícioGrupo EspecialBar temático do Fundo de Quintal é inaugurado na Lapa

Bar temático do Fundo de Quintal é inaugurado na Lapa

Espaço funcionará de domingo a quinta-feira, das 11h às 01h, e nas sextas e sábados, das 11h às 03h

Famoso pela vida noturna agitada e rica culturalmente, o bairro da Lapa, na Região Central do Rio, ganhou um novo espaço dedicado ao samba, que promete ser mais um ponto de encontro para os amantes desse gênero musical. Trata-se do Boteco Fundo de Quintal, um local temático dedicado ao grupo, considerado o mais antigo do Brasil. A inauguração ocorreu em um evento fechado, apenas para convidados, na última terça-feira. A abertura para o público está marcada para esta quinta-feira, dia 31 de agosto.

Fotos: Diogo Sampaio/CARNAVALESCO

Em conversa com a reportagem do site CARNAVALESCO, o proprietário do estacionamento, Anderson Benson, revelou como foi a negociação com o grupo. “A conversa com o Fundo de Quintal foi tranquila. Em um primeiro momento, eles queriam entender, vieram, fizemos algumas reuniões, depois de alguns entendimentos chegamos ao consenso e hoje estamos inaugurando o espaço. Samba e Lapa tem tudo haver, assim como Fundo de Quintal com os dois. Acho que a casa tem tudo para ser um sucesso”, afirmou.

Com a inauguração, a música brasileira terá mais um espaço dedicado ao samba e ao talento dos artistas do gênero. O bar contará com uma programação musical, com shows todos os dias a partir das 19h. Entre os artistas já confirmados estão nomes como Filhos da Guanabara, Charles André, Rafael Bernini e Anderson Bombom, ex-vocalista do grupo Balacobaco. Além disso, o próprio Fundo de Quintal estará à frente de uma feijoada especial no local, marcada para o dia 07 de setembro, feriado da Independência do Brasil.

“A nossa ideia é não deixar o samba de raiz se apagar. Eu quero que uma criança de 10 anos conheça o Fundo de Quintal, saiba quem foram e quem são eles, e tendo um estabelecimento com essa marca, acredito que a gente nunca vai deixar isso morrer. Então, o público que vier vai encontrar aquela verdadeira comida de boteco, com direito a feijão amigo, torresmo, bolinho de feijoada, tudo isso embalado por muito samba. Hoje em dia muita gente faz pagode, mas a gente aqui vai sempre priorizar o legítimo samba”, pontuou Anderson.

O evento da última terça-feira também incluiu o lançamento do livro “Fundo de Quintal – O som que mudou a história do samba”, de autoria do jornalista, escritor e produtor Marcos Salles. A obra reúne em 448 páginas mais de 160 entrevistas com nomes como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Elza Soares, Rildo Hora, Leci Brandão, Jairzinho, Líber Gadelha, Milton Manhães, Mauro Diniz e Ricardo Cravo Albin.

“O lançamento do livro já virou uma turnê. Aqui no Rio, esse é o quinto lugar que fazemos. E realizar isso em um espaço como esse é muito importante. Inclusive, conheço o local como a palma da mão, porque era onde ficava o Bossa Nossa da Lapa e eu era o diretor artístico da rede. Então, aqui é um lugar ótimo, a casa vivia cheia na época e vai viver cheia com o Boteco Fundo de Quintal. Aliás, ter essa marca na Lapa é importante e espero que abra em outros lugares. Conforme tem o bar do Zeca e o da Alcione, tem também o do Fundo de Quintal. A gente mora em um país que não tem memória, por isso quanto mais coisas tiverem para fazer as pessoas lembrarem de figuras importantes da nossa cultura, melhor”, declarou o autor em entrevista para o site CARNAVALESCO.

De acordo com Marcos Salles, o livro traz detalhes da carreira do grupo, fundado na década de 1970, por Bira Presidente, Sereno e Ubirany na quadra do Cacique de Ramos. Há também curiosidades envolvendo os integrantes e a relação de Beth Carvalho com o Fundo de Quintal.

“O livro reúne um monte de coisas que eu consegui desvendar como, por exemplo, a história do banjo. Sempre ouvia uma mentira que o Almir cerrou e fez um banjo com braço de cavaquinho. Isso é lenda, no livro falamos qual é a verdade. Tem também como foi a chegada da Beth Carvalho no Cacique, ela falando sobre isso. Passei uma tarde com a Beth e foi maravilhoso. Tem os últimos dias do Neocy, do Mário Sérgio, do Ubirany, tudo que o Cleber passou quando ele teve câncer e venceu, o Flavinho Silva… Ou seja, tem a trajetória do grupo desde antes deles nascerem, que começa lá na Bahia, no Gantois, com Mãe Menininha. Então, assim, eu consegui reunir as melhores histórias do Fundo”, relatou o jornalista.

O Boteco Fundo de Quintal fica localizado na Rua do Lavradio, no número 170. O espaço funcionará de domingo a quinta-feira, das 11h às 01h, e nas sextas e sábados, das 11h às 03h. Os interessados podem adquirir ingressos para os shows e para a feijoada de maneira antecipada pela plataforma Sympla.

- ads-

Confira a sinopse do enredo da Imperatriz Leopoldinense para o Carnaval 2025

O texto que apresento como enredo é fruto da escuta. Ele nasce da condição de ouvinte da sabedoria ancestral daqueles que guardam nas palavras...

Unidos de Bangu anuncia enredo em homenagem à resistência da Aldeia Maracanã no Carnaval de 2025

Símbolo de resistência na cidade do Rio de Janeiro, localizada nas proximidades do antigo Museu do Índio e ao lado do estádio do Maracanã,...

Diretor fala do pioneirismo da Mocidade ao abrir a nova terceira noite de desfiles do Grupo Especial em 2025

A Mocidade foi a décima colocada no carnaval deste ano. A expectativa para o próximo carnaval era de participar normalmente do sorteio da ordem...