InícioEspecialTorcedores de clubes rivais ao Vasco fazem "sacrifício" por Porto da Pedra...

Torcedores de clubes rivais ao Vasco fazem “sacrifício” por Porto da Pedra em ala sobre o time carioca

Por Lucas Gomes

Em homenagem ao amor de Antônio Pitanga pelo Clube de Regatas Vasco da Gama, o Unidos do Porto da Pedra dedicou parte de seu desfile ao time carioca. A ala “O Rio da Cruz de Malta e do Futebol” foi inspirada na mascote do Vasco, o almirante. A fantasia veio rica em dourado em sua maior parte, com detalhes em vermelho, e o escudo do clube no chapéu. A cruz de malta, símbolo maior do Vasco, foi estampado no peito.

Mas se engana quem pensa que todos os componentes da ala têm uma batida de coração mais forte pelo time de São Januário.  Torcedores de outros clubes cariocas deixaram de lado a rivalidade futebolística para defender a agremiação de São Gonçalo.

A flamenguista Ilca Barros, que já desfila há 5 anos pela Porto da Pedra, diz não se importar com a intensa rivalidade que existe entre Vasco e Flamengo.

“Eu não tenho problema nenhum, até porque eu sou da política de que a gente tem que torcer e não ter rivalidade. Então, pra mim, não tem problema nenhum estar representando na minha escola um time adversário ao meu”, admitiu.

O botafoguense conhecido como “Velho Guima”, que já desfilou 15 vezes pela Porto da Pedra, fala que sempre está à disposição para ajudar a escola.

“Eu nunca coloquei a camisa de nenhum outro time. Sou sofredor, sou Botafogo, mas faz parte. Quem ama sofre, e eu amo o Botafogo. Mas estamos aqui para isso. Estou à disposição da Porto da Pedra para ajudar com o que for, em qualquer fator, em qualquer sentido”, afirmou.

Para a tricolor Vanilda Neves, que já desfila pelo Tigre há 6 anos, participar da agremiação é sempre uma felicidade.

“É sempre um prazer. Eu preferiria que fosse com o Fluminense, mas já que não é, tudo bem. O importante é pular o carnaval”, disse, sorrindo.

Outro componente da ala, Leonardo Farias, que desfila pela escola desde 2011, ficou triplamente alegre nesta noite na Avenida. Isso porque ele representou o Vasco, a Porto da Pedra e Antônio Pitanga, de quem é fã, ao mesmo tempo. Leonardo ainda lembrou o título da Taça Guanabara conquistado pelo Vasco há poucas semanas do carnaval e deseja o mesmo destino para o Tigre de São Gonçalo.

“É a primeira vez que eu estou representar o Vasco. E poder homenagear Pitanga, que é este artista incrível, deixa qualquer vascaíno feliz. Seremos campeões assim como no futebol”, confiou ele.

- ads-

Grande Rio faz primeira reunião com a comunidade e presidente de honra crava: ‘2025 será incrível’

Depois de lançar o enredo que levará para a Avenida em 2025, a Acadêmicos do Grande Rio iniciou o trabalho junto a sua comunidade....

Porto da Pedra confirma Mauro Quintaes na equipe de 2025

A Porto da Pedra confirmou o nome do carnavalesco Mauro Quintaes no time de 2025. O artista, que assinará seu sétimo trabalho na vermelha...

Sinopse da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2025

Enredo: “LAÍLA DE TODOS OS SANTOS, LAÍLA DE TODOS OS SAMBAS” INTRODUÇÃO / JUSTIFICATIVA "Veje bem", A importância do Laíla para o Samba e o Carnaval é...