InícioGrupo EspecialTempo de sonhar: Paraíso do Tuiuti aposta de exaltação de personalidades negras...

Tempo de sonhar: Paraíso do Tuiuti aposta de exaltação de personalidades negras para emocionar o público e fazer história

Com samba enredo sobre a resistência negra e os personagens dessa luta, a escola busca superar feito em 2018

Com o enredo “Ka Riba Tí Re – Que nossos caminhos se abram”, a Tuiuti aposta na exaltação a contribuição de grandes figuras negras para a humanidade e uma ode ao futuro negro. Iman Shervington, que desfila pela primeira vez pela escola na Ala Show, em entrevista para o CARNAVALESCO falou sobre a força que esse samba irá trazer para à Sapucaí.

Foto: Site CARNAVALESCO

“Esse samba irá mostrar para os meninos e meninas que é um orgulho ser negro! Que na negritude também tem grandeza, também tem realeza, tudo. Apesar de, por muitas vezes, isso não ser explorado, mas, a Tuiuti irá trazer isso para o Brasil e, também para o mundo inteiro assistir.”

Iman Shervington integrante da ALA Show

A Escola carrega em sua essência, assim como o carnaval, resistir e lutar por pautas que são tão necessárias em serem retratadas em um momento de grande destaque. É unanime que os componentes estão confiantes no título do Carnaval de 2022. Caso a escola conquiste o primeiro lugar, irá superar o feito histórico de 2018, em que se sagrou vice-campeã com o enredo “Meu Deus, Meu Deus, Meu Deus, está extinta a escravidão?”.

A Paraíso do Tuiuti, abrirá o segundo dia de desfiles do Grupo Especial que será no sábado, dia em que se comemora, no Rio de Janeiro, dia de São Jorge, ou Ogum, um dos padroeiros da escola. Rosaria Xavier, desfilante da ala das baianas há 3 anos pela Tuiuti, destacou que voltar à Sapucaí é como se todos nós estivéssemos renascendo, toda à tristeza desses últimos anos será transformada em alegria e garra no desfile.

Na busca em superar o histórico vice-campeonato de 2018, a bateria, que foi obteve três notas 10 e um 9,9 no ano citado, do Mestre Marcão está preparando diversas novidades para os espectadores no desfile, Kleber Komka, ritmista no carnaval há 36 anos e em seu primeiro ano pela escola frisou que o momento é muito importante, mas que não se pode perder o foco.

Foto: Site CARNAVALESCO

“A alegria de voltar é enorme, mas não podemos desconcentrar, a finalidade é conseguir obter a nota máxima, o trabalho está muito bem-feito. Tanto que, até hoje, nas vésperas do desfile estamos acertando um ou outro detalhe, mas a bateria já está pronta e com uma base muito sólida”.

“A Tuiuti vem se preparando nesses últimos meses com ensaios consistentes, desde os que ocorreram no Sambódromo, até os de rua. Se os componentes da escola estão confiantes, a comunidade de São Cristóvão parece está polvorosa com o que a agremiação vem apresentando. Vanessa Frota, passista da escola, conta que a ansiedade aumentou ainda mais após o adiamento dos desfiles para abril, mas que a energia se multiplicou. A necessidade de extravasar essa alegria é o que nos dá ainda mais disposição”.

- ads-

Vinicius Pessanha e Jack Pessanha seguem como casal da Acadêmicos de Niterói

A dupla Vinicius Pessanha e Jack Pessanha seguirá defendendo o primeiro pavilhão da Acadêmicos de Niterói no carnaval de 2025. Depois de estrearem na...

Estandarte de Ouro celebra os destaques do carnaval com show de Dudu Nobre

O Prêmio Estandarte de Ouro está de volta para sua 52ª edição, em evento aberto ao público. Realizada pelos jornais O Globo e Extra,...

Laíla é escolhido para ser homenageado no enredo da Beija-Flor para o Carnaval 2025

Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, o Laíla, um dos maiores sambistas da história, falecido em 2021, foi escolhido pela Beija-Flor de Nilópolis para ser...