InícioGrupo EspecialPaes explica situação do Carnaval 2022 no Rio de Janeiro e garante...

Paes explica situação do Carnaval 2022 no Rio de Janeiro e garante realização dos desfiles na Marquês de Sapucaí

'Já estamos discutindo com a Liesa regras muito restritas que serão apresentadas a nosso comitê científico', disse o prefeito

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, utilizou o Twitter, no início da tarde desta quarta-feira, para falar da situação do Carnaval 2022 no município. Paes garantiu a realização dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

“Havendo a possibilidade, como há nesse momento e acontece semanalmente, de realização de jogos de futebol com os controles já previstos nas normas estabelecidas pela prefeitura, não há qualquer motivo para não garantimos que o carnaval da Marquês de Sapucaí será realizado. Essa informação é importante para diminuir as especulações acerca dessa festa. O carnaval na Marquês de Sapucaí exige uma preparação com muita antecedência, inclusive com repasse de recursos públicos as escolas de samba. Portanto, a não ser que haja uma mudança completa em todas as regras hoje existentes e no quadro da epidemia, o carnaval da Sapucaí é algo garantido. Já estamos discutindo com a Liesa regras muito restritas que serão apresentadas a nosso comitê científico. Estamos inclusive nos utilizando do belo exemplo estabelecido pela direção do Flamengo que consideramos um caso de sucesso. Ou seja, não teremos necessariamente uma decisão uniforme sobre todas as formas de celebração da maior manifestação cultural de nosso país”, comentou o prefeito do Rio de Janeiro.

Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio

O prefeito também explicou explicou que existem diferentes tipos de eventos.

“Ainda é muito cedo para tomarmos uma decisão em definitivo. No entanto, é importante  entender que quando falamos de carnaval estamos nos referindo a, pelo menos, três tipos de eventos. Primeiro temos os bailes que acontecem em espaços fechados. Segundo as regras desse momento a realização dessas festividades é possível em razão da possibilidade de cobrança do passaporte de vacinação e/ou testes. Depois temos o carnaval de rua. Esse obviamente requer uma análise ainda mais detalhada uma vez que não há qualquer possibilidade de controle daqueles que estarão participando das celebrações. E finalmente, temos a grande celebração que acontece na Marquês de Sapucaí. Gostaria de estabelecer nesse caso uma comparação com estádios de futebol. A Marquês de Sapucaí nada mais é do que o estádio do samba”, disse.

- ads-

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...

Ei Psiu! Emerson Dias comemora chegada no carnaval de São Paulo e estreia levantando comunidade da MUM

A Mocidade Unida da Mooca apresentou seu novo intérprete para o carnaval de 2025, e é Emerson Dias, que fará sua estreia em São...

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...