InícioSérie OuroPaes assina contrato de cessão da Leopoldina e fala em até 60...

Paes assina contrato de cessão da Leopoldina e fala em até 60 dias para o início das obras da Cidade do Samba da Série Ouro

'É dar dignidade e condições para essa manifestação cultural, que reprensenta a alma cultura do Brasil, que é nosso carnaval e escolas de samba', disse o prefeito do Rio

A Prefeitura do Rio e o governo federal assinaram, na tarde desta sexta-feira, a cessão da antiga Estação Ferroviária Leopoldina, na Avenida Francisco Bicalho. Com a celebração do termo, o município pode agora dar andamento ao processo licitatório para a restauração do prédio histórico, também conhecido como Estação Barão de Mauá, em homenagem ao pioneiro do transporte ferroviário no Brasil.

* SIGA A GENTE NO ZAP E RECEBA NOTÍCIAS DO CARNAVAL

Foto: Matheus Morais/CARNAVALESCO

No terreno da estação, de cerca de 125 mil metros quadrados, serão erguidos a Cidade do Samba da Série Ouro, empreendimentos habitacionais do Minha Casa Minha Vida, um Centro de Convenções e equipamentos sociais. Participaram do evento o prefeito Eduardo Paes e a ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck.

Em sua fala, Paes falou do início das obras e do benefício para todas escolas de samba da Série Ouro. “É dar dignidade e condições para essa manifestação cultural, que reprensenta a alma cultura do Brasil, que é nosso carnaval e escolas de samba. É importante que as agremiações entendam que publicamos hoje a licitação para construir a Cidade do Samba da Série Ouro. Em 50 ou 60 dias vamos iniciar a obra e permitir dignidade para essas agremiações”, disse.

O prefeito do Rio de Janeiro fez questão de agradecer ao ex-deputado estadual e presidente da Alerj, André Ceciliano, e ao presidente Lula pela cessão da Leopoldina.

“O padrinho dessa assinatura é o André Ceciliano (secretário especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais). Na primeira semana de governo do presidente Lula, ele me ligou, falando para enviar o ofícil pedindo a Leopoldina para Prefeitura do Rio. Hoje é dia de samba. Agradecer todo o povo do samba presente. Vou tentar dar a dimensão desse momento e gesto. Aprendi ao longo desse período que na política vale aquilo que os políticos fazem. O presidente Lula é apaixonado pelo Rio e entende importância para o Brasil. O Rio tem muito imóvel federal na cidade. Hoje, nós estamos pegando um ícone de um lugar que conectou eses cidade com o resto do país. O mundo mudou e o espaço aqui foi se degradando. O governo federal toma uma decisão política do presidente Lula e diz que o dono não é o governo federal, mas o povo da cidade do Rio de Janeiro. Estamos devolvendo um patrimônio público para o uso público. Essa assinatura de hoje é a cessão desse prédio. Já publicamos a licitação das obras, projeto aprovado pelo Iphan, se Deus quiser, em mais 45 mais dias, vamos ter que venceu, e em 2 meses vamos começar as obras. Não será mais lenda urbana. A gente adora transformar essas lendas em realidade. Gostamos de entregar e fazer”.

Além da Cidade do Samba da Série Ouro, Paes falou o que pretende construir no espaço.

“A Prefeitura defende que a gente tenha ao lado um super Centro de Convenções, que pode ser integrado com o centro da Cidade Nova. Queremos também habitação e moradia popular. Queremos família morando e usando esse lugar”.

- ads-

Grande Rio faz primeira reunião com a comunidade e presidente de honra crava: ‘2025 será incrível’

Depois de lançar o enredo que levará para a Avenida em 2025, a Acadêmicos do Grande Rio iniciou o trabalho junto a sua comunidade....

Porto da Pedra confirma Mauro Quintaes na equipe de 2025

A Porto da Pedra confirmou o nome do carnavalesco Mauro Quintaes no time de 2025. O artista, que assinará seu sétimo trabalho na vermelha...

Sinopse da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval 2025

Enredo: “LAÍLA DE TODOS OS SANTOS, LAÍLA DE TODOS OS SAMBAS” INTRODUÇÃO / JUSTIFICATIVA "Veje bem", A importância do Laíla para o Samba e o Carnaval é...