InícioImpério Serrano Esporte ClubeNão deu! Império Serrano conhece primeira derrota na Série C do Carioca

Não deu! Império Serrano conhece primeira derrota na Série C do Carioca

Com o resultado, o Império perde a invencibilidade na competição

Muita emoção no primeiro clássico entre o Império Serrano Esporte Clube e o Belford Roxo, na tarde deste domingo, pela Série C do Carioca, que terminou com a vitória por 2 a 1 para o time da Baixada Fluminense. Allan e Hudson fizeram para o time apoiado pela Inocentes de Belford Roxo e Richardson diminuiu para a equipe imperiana. Com o resultado, o Império perde a invencibilidade na competição.

Fotos: Magaiver Fernandes

O primeiro tempo foi muito truncado. Os dois times disputaram bem o comando do meio-campo. O time imperiano com muita posse de bola, dentro do campo do adversário, porém, o gol de Belford Roxo desestabilizou o Império.

O placar foi aberto aos 22 minutos do primeiro tempo. Após jogada pelo lado esquerdo do campo, o jogador de Belford Roxo foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o Império Serrano levou seu primeiro gol da competição.

No fim do primeiro tempo, a equipe imperiana igualou o volume de jogo, mas não teve calma na hora de finalizar.

No segundo tempo, o time imperiano buscou o empate, mas acabou sofrendo o segundo gol de Belford Roxo. Aos 35 minutos, Mamute entregou a bola para o adversário, no contra-ataque puxado por Hudson, o artilheiro bateu na saída do goleiro Léo Flores.

O Império Serrano descontou aos 46 do segundo tempo. Richardson marcou em cobrança de pênalti, mas foi tarde e o time não conseguiu manter a invencibilidade no Carioca. Presidente da Inocentes de Belford Roxo, Reginaldo Gomes, celebrou o resultado. “As duas equipes são novas. Sandro é meu amigo e fico feliz por esse jogo. É a primeira derrota deles. Se Deus quiser daqui a pouco volta o samba e o carnaval”.

O goleiro Léo Flores, do Império Serrano, falou sobre o resultado.

“Nunca é bom sair atrás. Lutamos, tentamos e tomamos o segundo gol em uma bola boba. Não pode entrar na pilha do jogo. O time era difícil. Perdemos um jogo, mas é botar cabeça no lugar, consertar os erros e daqui a pouco já tem outro jogo. Não tem muito tempo para reclamar. Ainda temos a guerra, classificar, jogar semifinal e depois subir”, afirmou o goleiro do Império Serrano Esporte Clube.

Ao site CARNAVALESCO, o técnico Marino analisou o jogo e derrota do Império. “Temos o nosso padrão de jogo. Não vamos alterar nada por causa de uma derrota. O time deles é bom e qualquer resultado poderia acontecer. Temos que ter mais paciência com a posse de bola. Temos que ter capacidade de matarmos o jogo quando tivermos oportunidades. Eles foram menos vezes e conseguiram fazer os gols”.

- ads-

Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues assumem Comissão de Harmonia no Arranco

Para o Carnaval 2025, o Arranco contará com uma Comissão de Harmonia formada por Jackson Carvalho, Marcelinho Emoção e Fabão Rodrigues. Jackson Carvalho começou sua...

Vizinha Faladeira será homenageada com conjunto de Medalhas de Mérito Pedro Ernesto

No próximo dia 23 de abril, a histórica Associação Recreativa Escola de Samba Vizinha Faladeira, uma das pioneiras no cenário do carnaval carioca, terá...

Jorge Silveira exalta preparação da Mocidade Alegre para ganhar duas categorias no Estrela do Carnaval: ‘São Paulo cada vez mais competitivo’

Em 2024, a Mocidade Alegre foi bicampeã do Grupo Especial do carnaval de São Paulo, conseguindo unir beleza e facilidade de leitura para tratar...