InícioGrupo EspecialMilton Cunha: 'Que coisa inapropriada ficar tentando sambar sobre os cadáveres'

Milton Cunha: ‘Que coisa inapropriada ficar tentando sambar sobre os cadáveres’

'A decisão de cancelamento dos desfiles em julho de 2021 é perfeita. Qualquer gestor, o Eduardo Paes é um grande gestor, faz as contas, e vê que está tendo problema de vacina, que não vai dar para vacinar a quantidade de gente necessária até julho', disse

Por Milton Cunha

Que coisa inapropriada é ficar tentando sambar sobre os cadáveres. Parece saudade de shopping, de viajar, de desfilar. Em que planeta este povo vive? Não sabem que estão em um planeta assolado pela dor, pela morte, pela miséria.

Festa de que? Celebrar o que? Que carnaval? Isso posto, nossa solidariedade dos sambistas para todas as pessoas que sofrem e parabéns para todos que trabalham na linha de frente.

A decisão de cancelamento dos desfiles em julho de 2021 é perfeita. Qualquer gestor, o Eduardo Paes é um grande gestor, faz as contas, e vê que está tendo problema de vacina, que não vai dar para vacinar a quantidade de gente necessária até julho. Pelas melhores previsões otimistas em dezembro você vai ter um número x de vacinados.

Sinto muito, mas vamos ter que lidar com questões muito mais importantes do que isso. Como vamos reconstruir o país no sentido da saúde e educação? Tem questões mais graves.

O impacto que o vírus causa no Brasil inteiro e no mundo é gigantesco. De dor, horror e miséria. Como os trabalhadores gerais vão sobreviver? Os camelôs, os trabalhadores do turismo que não pode ter, e, por conseguinte, tem também os prejudicados da cultura.

Porém, a cultura e o carnaval não são bolhas. O mundo que está sofrendo. O terror é total em todos os segmentos. Sinto muito. Claro que tem a perda cultural, mas o mundo parou. Não só o carnaval, não é só a cultura, o teatro parou. Tudo parou. Vamos ver primeiro ver como vamos sair dessa ratoeira, escapar e reconstruir outras coisas muito mais importantes.

- ads-

Ao vivo: sorteio da ordem dos desfiles do Grupo Especial do Rio

https://www.youtube.com/watch?v=OPepqf6oZ_4

Primeiro casal da Mocidade Independente de Padre Miguel tem nova coreógrafa para o Carnaval 2025

A Mocidade Independente de Padre Miguel anunciou nesta quinta-feira (23) a contratação de uma nova coreógrafa para o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira,...

Em busca do bi da Viradouro, Julinho espera repetir encerramento dos desfiles, enquanto Priscilla Mota não tem posição preferida

Campeã do Carnaval de 2025, a Viradouro vem em busca do bicampeonato. Com enredo já anunciado, a escola quer agora saber em que posição...