InícioGrupo EspecialIntegrantes da Portela comemoram retorno às Campeãs após ano de reestruturação

Integrantes da Portela comemoram retorno às Campeãs após ano de reestruturação

A Portela alcançou a quinta colocação do Grupo Especial no Carnaval de 2024 com o enredo “Um Defeito de Cor”, inspirado em romance de mesmo nome da autora Ana Maria Gonçalves, que chegou a esgotar o estoque em uma famosa livraria online após o desfile da escola. O resultado foi obtido após apresentação marcada pela emoção transmitida por uma estética diferenciada.

Ao site CARNAVALESCO, o presidente Fábio Pavão valorizou o resultado portelense em um período que considera de reestruturação da escola.

“Nos últimos 11 desfiles das campeãs, a Portela participou de nove. Ano passado foi um ano trágico, e se a gente pensar sobre esse lado de recuperação da escola, acho que a gente conseguiu. A escola saiu de uma situação trágica, e esse ano fez um desfile competitivo, fez um desfile que ganhou o ‘Estandarte de Ouro’ de melhor escola, o que é muito importante, um desfile na ponta de cima da tabela. Mas foi um ano muito equilibrado, a diferença de pontuação do quarto colocado e o novo foi mínima, acho que isso nunca aconteceu, o que valoriza o quinto lugar da escola. Acho que acabou sendo bom, lógico, voltar nas Campeãs. Não era o que a gente pretendia, pretendíamos uma colocação melhor, pretendia o título, mas demos um passo muito importante em uma reestruturação e em uma série de mudanças que fizemos esse ano. Mudanças na parte estética, na reestruturação do barracão, de concepção de desfile e que acho que foram bem-sucedidas. Algumas notas eu não entendo, preciso ler as justificativas dos jurados, eu não concordo, mas tenho certeza de que ano que vem viremos mais fortes e brigando mais acima ainda pelo campeonato”, declarou.

O vice-presidente Junior Escafura também fez um balanço do resultado da Portela e falou sobre o início dos preparativos para o próximo carnaval.

“Acho que a Portela precisava dar essa volta por cima, lavar a alma, recuperar o respeito, e a gente sabia dos problemas que nós tivemos no ano passado. Nós trabalhamos dobrado, começamos cedo, e a gente precisava de uma estética nova, de uma visão nova, para que a Portela consiga cada vez mais estar se modernizando, para poder estar sempre disputando o título. A Portela não vai se acomodar porque voltou nas campeãs, a Portela precisa voltar a ganhar o primeiro lugar, que é o seu lugar ali, para a gente estar sempre em cima. Sabemos que o carnaval hoje está difícil, é uma competição que está muito nivelada. Todas as escolas fazem um trabalho excelente, todo mundo briga ali, décimo a décimo, e a Portela tem que estar sempre brigando ali porque a Portela é a maior campeã do carnaval e a gente quer manter esse título pra sempre de maior campeã. A gente hoje tem que festejar, e essa semana ainda a gente já vai começar a conversar e planejar o ano que vem porque o carnaval de 2025 já começou na Portela, pode ter certeza. Já já vamos esperar as justificativas que vão sair amanhã ou depois, vamos estudar, vamos ver o que a gente sabe dos erros que nós tivemos também, vamos colocar a cabeça no lugar e tomar as melhores decisões para que a Portela continue na sua crescente”, afirmou.

Um dos quesitos no qual a Portela mais sofreu decréscimo nas notas foi com o casal de mestre-sala e porta-bandeira. O casal não obteve nenhuma nota dez, algo que o guardião do pavilhão, Marlon Lamar, não conseguiu entender o motivo.

“Eu não sei. Não sei se a expressão ‘mal julgado’ seria correta de usar. A gente sabe que cada jurado tem seu ponto de vista, cada jurado espera uma apresentação de acordo com aquilo que ele imagina. Se eu falar para você que eu sei o que pode ter ocasionado essas percas de décimos vou estar mentindo, eu realmente não sei, mas eu estou ansioso para ler as justificativas para trabalhar em cima delas e nunca mais acontecer isso. É a primeira vez que eu perco nota na Portela, tirando em 2020 no ano do índio da fantasia e em 2023 no ano da peruca. É aquela sensação ruim, uma sensação muito ruim depois de um trabalho de um ano inteiro, mas eu acho que, se eles estão ali, a gente espera que eles sejam capacitados para isso, eu acredito na capacidade deles. É trabalhar para o próximo carnaval”, manifestou.

O diretor de carnaval, Junior Schall, celebrou o resultado da escola e mandou um recado para a comunidade de Oswaldo Cruz e Madureira.

“É uma questão importante porque a Portela sempre almeja o título, assim como todas. As escolas são grandes, almejam o título, mas você conseguir refazer um caminho, um caminho diante das campeãs, para as campeãs, é muito importante porque você consegue dar um passo à frente, entender o que você precisa melhorar e continuar melhorando sempre. Aí sim, você se credencia a um voo mais alto, e é isso que a Portela fez hoje, é isso que a Portela está fazendo hoje. E aí, para toda a comunidade portelense, toda a família portelense, que estejamos cada vez mais unidos e melhores em prol de voar mais alto”, disse.

- ads-

É a bateria do Zaca! Mestre Serginho se diz contente pela proposta diferente e conquista do Estrela do Carnaval

A “Bateria do Zaca” vive uma fase espetacular. É o segundo ano consecutivo em que a batucada comandada por mestre Serginho conquista os 40...

‘Reflete a alma e a ancestralidade que o Salgueiro tanto valoriza’, diz Jorge Silveira sobre o enredo para o Carnaval 2025

O carnavalesco Jorge Silveira falou sobre o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025, que foi divulgado na noite desta sexta-feira. Intitulado "Salgueiro de...

Conheça o enredo do Salgueiro para o Carnaval 2025

“De corpo fechado”: preparo o tacho de óleo de oliva, arruda, guiné, alecrim, carqueja, alho e cravo. Com o sinal da cruz na fronte,...