InícioEspecialEditorial: análises das baterias

Editorial: análises das baterias

Pelo sétimo ano consecutivo o site CARNAVALESCO fará todas análises das baterias da Série A e do Grupo Especial no Sambódromo. O trabalho pioneiro começou com o jornalista Rodrigo Coutinho. Com total apoio e respaldo do site, ele dirige o projeto e conta com as participações de Kleber Komká e Guilherme Gonçalves.

A ideia da análise de cada bateria foi dada para suprir a carência técnica nas matérias jornalísticas de toda imprensa, e, claro, do site CARNAVALESCO. A proposta é a valorização do segmento, inclusive, abrindo portas para todos os mestres.

Em nenhum momento, o trabalho leva em conta algo pessoal ou relacionamento. As análises são feitas em cima dos critérios técnicos e do momentos vistos na pista, quadras, ou ensaios de rua e do Sambódromo. Nossos colunistas visitam ensaios desde a escolha do samba-enredo.

Embora a relação de proximidade com muitos mestres exista, conquistada através de anos de convívio como ritmistas, os colunistas separam laços de amizade e focam no trabalho técnico da bateria.

O trabalho com opinião é sempre uma missão árdua. Vai agradar uma parte e desagradar outra. Hoje, a análise é boa e amanhã pode não ser. O site CARNAVALESCO privilegia sempre a opinião. Não somos donos da verdade. Erramos e acertamos. Acima de tudo, a gente trabalha para enaltecer o sambista e fazer uma cobertura jornalística gigante e do tamanho que o carnaval merece.

Obviamente, o site CARNAVALESCO e todos seus colunistas, equipe de jornalistas, fotógrafos e redes sociais estão sujeitos aos comentários do público e críticas. E isso faz parte de sermos um veículo de imprensa, que trabalha com notícias, e opinião. Porém, a gente repudia veementemente qualquer tipo de ofensa pessoal ou coação. O próprio veículo ou seu time de colunistas tomará medidas judiciais caso seja necessário para enterrar de vez mentiras e boatos que só fazem mal aos sambistas.

Temos ótima relação com as escolas de samba, com a Liesa e a Lierj. E nossa credibiliade na informação e na opinião está relacionada ao nosso trabalho, e, acima de tudo, nos nossos acessos. São mais de 3 milhões de pessoas acompanhando nossa cobertura carnavalesca no mês do carnaval.

Por outro lado, a direção do CARNAVALESCO reafirma que não permitirá também que nenhum integrante do veículo tenha participação em mentiras, boatos ou brigas. Isso é repudiado e inaceitável.

Por fim, o site CARNAVALESCO frisa que nos sete anos de análises das baterias todas escolas já receberam elogios e críticas. Os jurados do Especial e da Série A estão em constante contato com nossos colunistas e os mesmos são orientados a não emitirem opinião fora das nossas páginas, ou seja, opinião sobre as baterias vão ser dadas sempre no site CARNAVALESCO e não em redes sociais ou conversinhas de botequim.

Sabemos a nossa missão. O que conquistamos e o que ainda vamos conquistar. Ter opinião está no nosso DNA. Não vamos perder isso, JAMAIS. A nossa batucada é nossa maior referência. Nossas orquestras nos orgulham e sempre vamos valorizar quem faz. Erros e acertos são naturais na vida. A valorização é importante quando ela é real. Tapinha nas costas, abraços e afagos podem ser falsos.

Salve todas baterias do Rio de Janeiro. Salve os mestres. Vamos ao maior espetáculo da Terra.

- ads-

Torrão amado quer o décimo título! Diretor deseja que Salgueiro encerre uma das noites de desfiles no Carnaval 2025

Após retornar ao desfile das campeãs em 2024 com o quarto lugar conquistado, o Salgueiro já se prepara para o Carnaval de 2025. Um...

Unidos de Padre Miguel preparada para brilhar e abrir os desfiles do Grupo Especial no Carnaval 2025

A Unidos de Padre Miguel venceu a Série Ouro do Carnaval 2024 do Rio de Janeiro e estará de volta ao Grupo Especial (já...