InícioGrupo EspecialBeija-Flor exalta ícones pretos em ensaio técnico na Sapucaí

Beija-Flor exalta ícones pretos em ensaio técnico na Sapucaí

Confiante na missão que chamou de “empretecer o pensamento”, a Beija-Flor de Nilópolis cruzou a Marquês de Sapucaí neste domingo, em seu ensaio técnico para o Carnaval de 2022, homenageando diversas personalidades pretas importantes para a história da azul e branca, das escolas de samba do Rio de Janeiro e para o Brasil.

Fotos: Eduardo Hollanda/Divulgação Beija-Flor

Diretores da agremiação entraram na Avenida vestindo camisas produzidas especialmente para o treino e estampadas com os rostos de figuras como Tia Ciata, Dona Zica, Jamelão, Paulo da Portela, Fernando Pinto, Ney Vianna e Jorge Lafond, entre outros. Monarco, baluarte portelense, e Maria Helena, porta-bandeira da Imperatriz Leopoldinense, perdas recentes para o mundo do samba, também foram lembrados na Avenida. Houve ainda menção a Laíla, eterno diretor de carnaval da “Deusa da Pasarela”, lembrado especialmente durante o ensaio na camisa vestida por Gabriel David, hoje diretor de marketing da Liesa.

A iniciativa é parte das ações que a Beija-Flor têm promovido em prol da exaltação, do respeito e da memória da intelectualidade e da cultura negra do Brasil. As iniciativas estão inseridas no enredo “Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor”, que será apresentado ao público do Sambódromo em abril — com uma “palhinha” neste domingo.

“Entendemos que seria importante trazer essas pessoas para a Sapucaí de alguma maneira nesse ensaio, o primeiro que fazemos no “templo do samba” depois dos adiamentos do Carnaval. Tínhamos que exaltar cada um deles com o samba, que cura as dores das perdas e cicatriza as memórias. Vão ser lembrados eternamente pelo povo da Beija-Flor”, explica Almir Reis, presidente da escola e idealizador do tributo.

A Beija-Flor será a sexta e última escola a se apresentar em direção à Apoteose no dia 23 de abril, sábado. O enredo é desenvolvido pelo carnavalesco Alexandre Louzada, em busca do 15º campeonato da história da agremiação.

- ads-

‘Quando o enredo conquista, tende a iluminar o compositor’, diz Claudio Russo, após vencer o Estrela do Carnaval com o samba da Estácio

Claudio Russo, um dos autores do samba-enredo da Estácio de Sá no Carnaval 2024, festejou a vitória no prêmio Estrela do Carnaval, oferecido pelo...

Tinga sobre ter sido vencedor no Estrela do Carnaval como ‘Melhor Intérprete’ de São Paulo: ‘É uma honra ganhar pelo Império’

O intérprete Tinga está totalmente adaptado ao Império de Casa Verde. O carioca chegou ao ‘Tigre Guerreiro’ no Carnaval 2023 e logo se identificou,...

Império da Uva reforça equipe com a contratação de Alcides Kenga como diretor de carnaval

A Império da Uva deu um passo significativo ao adicionar Alcides Kenga à sua equipe como Diretor de Carnaval. Com mais de três décadas...